terça-feira, 20 de setembro de 2016

DOSSIÊ SEGUNDO - (2º) ANO – TEXTO QUATRO (04) segundo semestre 2016.

DOSSIÊ SEGUNDO -  (2º) ANO – TEXTO QUATRO (04)

(SEGUNDO SEMESTRE 2016)

TEXTO 04 – 20SETEMBRO2016



A INTERNET - A INFORMAÇÃO GLOBALIZADA DO SÉCULO XXI

Na década de 1960, em plena Guerra Fria, a U.S. Force encarrega um pequeno grupo de pesquisadores e criar uma rede de comunicação que possa resistir a um ataque nuclear. Quase
30 anos depois, em 1989, assiste-se ao primeiro esboço da web...

            1989 - A Internet, que revolucionou o mundo da informação e das comunicações, atinge na virada do século XXI um grau de globalização sem precedentes. Novas tecnologias abrem a perspectiva de um acesso ilimitado á rede das redes.

Concebida para o exército, ela vai seduzir os pesquisadores...

            Contração de internetworks of networks, a internet se desenvolveu inicialmente nos Estados Unidos, a partir de 1969, sob o estímulo do departamento de Defesa (rede arpanet). No curso dos anos 1960, o Exército estadunidense procura desenvolver um sistema de comunicações para interconectar seus computadores, a fim de permitir o acesso a eles de diferentes localidades. O conceito dessa rede repousa sobre um sistema descentralizado; assim, se uma ou várias máquinas são destruídas, a rede se converte rapidamente em uma ferramenta de trabalho para os cientistas de diferentes universidades dos Estados Unidos. No âmbito da rede da National Science Foundation (NSFnet) realiza-se a primeira conexão entre os computadores de dois institutos de pesquisa estadunidense.

...antes de conquistar o grande público...

            Em 1989, assiste-se ao primeiro esboço da web – a teia de Aranha Mundial – no cern (Conselho Europeu para a Pesquisa Nuclear) de Genebra, na Suíça, notadamente sob a direção do britânico Tim Berners-Lee. É com a definição de um protocolo de comunicação – transmission control Protocol/Internet Protocol (TCP//P) para a conexão e troca de dados entre diferentes redes que nasce verdadeiramente a internet, que vai conquistar o grande público na segunda metade dos anos 1990. A partir de 1994, a internet torna-se o instrumento de comunicação padrão em numerosas universidades e entidades governamentais em todo o mundo. Em 1995, assiste-se ao aparecimento de novas tecnologias concebidas especificamente para a internet, como o Java (criado por James Gosling e desenvolvido pela Sun Microsystem) ou o ActiveX (desenvolvido pela Microsoft em resposta ao Java...). No ano seguinte, a guerra dos navegadores grassa entre a Microsoft (Internet Explorer) e a Netscape. Hoje, a internet, rede de redes, permite a comunicação entre milhões de pessoas, através do mundo e o acesso a quantidades fenomenais de informação.

Quando a web traça sua teia...

            A Web (do inglês World Wide Web, “rede em escala mundial”) permite consultar documentos multimídia compostos de textos, sons, imagens, animações ou vídeos, denominados “paginas d web”, armazenados em servidores em alguma parte da internet. Para consultar uma página, introduz-se num navegador web web o nome do servidor, o dossiê em que se encontra a página e o nome desta última (por exemplo, www.site.comlaccuel). No interior das páginas, encontram-se links com outras páginas, que se pode consultar com um simples clique do mouse; os milhões de páginas da web e os links entre essas páginas constituem, como a internet, uma verdadeira rede mundial. A web tornou-se também o principal veículo do comércio eletrônico (ou e-commerce).



A conexão: como estar “logado”
           
            Os computadores pessoais se conectam habitualmente com a internet por via de um modem, que converte a informação emitida pelo computador com destino a computadores distantes. Um software estabelece o contato por meio da empresa que fornece a conexão com a rede (fornecedor de acesso à internet ou FAI). O usuário é “conectado à internet” depois que o servidor do FAI verifica sua identidade. Os servidores da FAI estão, eles próprios, conectados, por via de redes de cabo ou de fibra óptica, com os servidores de outros fornecedores de acesso, aos quais estão conectados outros usuários, etc. A internet assemelha-se assim a uma rede gigantesca que liga entre si uma infinidade de computadores.
            Para que esses milhões de computadores possam trocar dados, é essencial que utilizem protocolos comuns: assim, os navegadores da web utilizam o protocolo http (hiper Text Transport Protocol) para comunicar-se com os servidores da web, e os softwares do correio eletrônico, o protocolo SMPT (Simple Mail Transfer protocol) para enviar os e-mails.

Cada vez mais fluxo.
           
            O tamanho crescente dos arquivos trocados (várias centenas de milhões de bytes) pode suscitar problema em relação ao fluxo limitado dos “canais” que veiculam as informações na internet, estimulando a atração por modos de conexão com maior fluxo, como a ADSL (asymetric Digital subscriber Line), as redes de televisão a cabo ou as tecnologias sem fio (WiFi, Wireless Fidelity). Os downloads multimídia tornam-se possível nos telefones móveis, que se tornaram verdadeiros terminais graças às novas tecnologias de telecomunicação (GPRS, UMTS). Hoje é possível conectar-se à rede das redes em todos os continentes, nas regiões mais remotas.

Correio Eletrônico e Chat.

            O correio eletrônico, ou e-mail, permite enviar e receber mensagens – os e-mails – ou arquivos. A correspondência é armazenada numa caixa postal eletrônica, no servidor de correspondência, à espera que o destinatário se conecte para recebê-la. Se o correio eletrônico já substituiu em parte as tradicionais cartas e cartões-postais ou, nas empresas, por intermédio da intranet, as notas de serviço, isso não deixou de apresentar problemas. De um lado, levanta-se a questão da validade jurídica desse gênero de trocas, que podem ser desviadas com toda a facilidade. Por outro lado, o correio eletrônico sofre frequentes ataques de vírus informáticos ou fica saturado pela avalanche de correspondência indesejável (spams)
            Para estabelecer conversações interativas, é o “chat”  (palavra que significa “conversa”). A extensão do chat ao som e ao vídeo permite um verdadeiro diálogo à distância.

Fonte: Coleção Invenções da humanidade – vol. 03 (Do telefone à clonagem animal) – páginas 342/343 – Editora Larousse).


Atividades texto 04 – segundo ano.
- Com base no texto, responda as questões abaixo:

1.      Segundo o texto, como, onde surgiu a internet?
2.      O sistema da internet é centralizado ou descentralizado/
3.      Quais as novas tecnologias da internet que surgem em 1995?
4.      O que significa web e o que ela nos permite?
5.      Como se “logar”, pela internet?
6.      A que a internet se assemelha, segundo o texto?
7.      O que é o “correio eletrônico”?
8.      O que é um “chat”?
9.      Como e em que a internet influi em sua vida?

10.  Dê o significado e/ou conceito das palavras abaixo:
Revolução - fluxo – interconectar – conceito – grassar – bytes – suscitar – downloads – Idade Média – Feudalismo – Servidão – Mercantilismo.
11.   Desenhe um mapa do continente africano APÓS a Conferência de Berlim, identificando os países do continente.



Nenhum comentário: