segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

TARDE

A manhã, que muitas vezes me arde como malagueta, como pimenta de passarinho, como um poeta que chora, me traz as tardes que afloram, que se perdem nas distâncias horizontais de meu dia-a-dia e me faz, me provoca, olhar para o horizonte, fazer fotos e produzir poesia.
Nego Jorge. atos e letras)



Posted by Picasa

MANIFESTO, CONVOCAÇÃO E PROPOSTA REVOLUCIONÁRIA: "TODO PODER AOS PARDOS"

Esse papo de preto, de preta, de branca, de branco, de loiro, de loiras de morenos e morenas, no Brasil, é mero sofisma. Que me desculpe meu mestre Darcy. Mas aqui, nessas plagas radicalmente sulamericanas, o PARDO, AS PARDAS, AS MISTURAS, AS CRENÇAS, IDÉIAS E DNA imperam. Tudo misturado!
É só ler a nossa Certidão de nascimento. Nós, daqui, nascidos vivos ou mortos, desde que o Brasil  abraçou e abriu pernas e corações, matas e úteros para os europeus, e os judeus, e os árabes, e os africanos e et caterva, com amor e consentimento das índias, que foram o  geraram a gênesis desse povo que "è nóis", legalmente, temos registro e chancela. Somos um novo povo, nessa velha história. Muitos somos dos "Estados Unidos"; e melhor ainda, "do Brasil". Veja e Leia sua Certidão que deveria ser de cidadania. mas é de nascimento. VC É PARDO, SOU PARDO!!! e descobri, quando meu alistei no Exército Brasileiro. e me ocorre que a metade do povo brasileiro não se alista. pois são mulheres.
Será que elas leem a Certidão de Nascimento?

falácias

deixe que diga,que pense, que fale. eu estou fazendol tudo e vc tbém. que tal ouvir um simonal clássico com algúem...

quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

noticiais de antanho. Parece as de hoje?

Consultando meus alfarrábios, me deparei com uma notícia antiga, que transcrevo, pois se trata dos novos tempos.
" NOVOS VENTOS, é a manchete de um o texto publicado no Correio Braziliense em 1999, salvo engano. Reza o text0: "A Líbia quer mudar. Não apenas a sim mesma, mas a toda a África. Reunidos no pais, 40 membros da organização da União Africana (OUA) discutem deste a terça-feira uma nova união africana. O presidente libio, Muamar Kadhafi, defende a criação dos Estados unidos da Africa, para solucionar os conflitos territoriais da região. A idéia é liberar o trânsito entre os países, como na União Européia. É uma proposta interessante para um continente cujas fronteiras foram, traçadas em 1885, a partir do balanço das forças européias, não levando em conta as divisões étnicas africanas.