sábado, 15 de maio de 2010

sessão saudades. Foto de 1981, tirada no setor central do Gama-DF

Esse time é o cruzeirinho, onde joguei mais de 10 anos e fui campeão do gama no século passado, em 1989. Alguns desses caras não estão mais aqui. o dono do time é seu Zé, a quem todos nós devemos admiração e respeito. um salve para nós, filhos do cruzeirinho.Na foto, nós somos, da direita para a esquerda, em pé: Seu zé, Carlão, Lídio, edmund,
Xavier, Baiano(nego jorge) e Chicão, Ronaldinho e Chaguinha. Agachados: Aloísio, Edilson, Carlito, Edinho, Aroldo, Jéssen e cabeção.
Posted by Picasa

sexta-feira, 14 de maio de 2010

Retrato falado










Minhas tranças
transam bem comigo
me entrelaçam
traçam teias
decoram
meu couro cabeludo.

Mas minhas tranças
em mim não "é" tudo!

texto e retratos, nego jorge(15.maio.2010)
Posted by Picasa

Tergiversações de alma desocupada.

Esse meu olhar me provoca
me chama
para um abraço estreitado
um tempo sem pressa
um dia vadio.

(Meu olhar constrói coisas estranhas em minha alma...!)

Esse meu olhar me conclama
me seduz
para um dia vagabundo
para anos-luz em segundos
para os confins do sonho
em um mundo
onde quem sabe,
possamos nos abraçar.

E


Acabei de fazer esse poema que abre essa postagem. Dedico(-o) para(a) eu(mim?) mesmo, pois é quem mais merece, lógico, já que Laudelina já se foi. Tendo em vista que, há dias, nada conseguia colocar no papel, na tela, na alma, na trela, essas referenciadas letras me dizem que meu cérebro continua funcionando e que meu Coração,( eu, eu, eu) se faz sensível em permanente desavença, com minha Razão. Agora, 00h50m, quase no meio da noite de 15 de maio de 2010, inspirado em fotos que fiz antanho, quase lúcido, totalmente esquizofrênico, porém na cota do aceitável, lasquei, na tela, essas letras e as daí de riba tbém. Sorvam... (acabei agora, 01h e 01min de sábado. isso é interessante...
Posted by Picasa


Louca cabeça que pensa/baila
em outra dimensão
louco pensar que pensa
tensa a mente
em um mundo vegetal
líquido, limpo e respirável.

Doido povo/polvo sem ânima
que anima o mal em projetos explosivos
guerreiros apocalipticos e bestiais
geniais e requintados assassinos
blim blão tocam os sinos
anunciando o fim de outra era.

porém há loucos que, tensamente,
sonham com outra dimensão
onde a paz seja dominante
o alimento, derivado vegetal
o ar, plenamente respirável
e o homem novamente
animal.






texto e fotos nego jorge
Posted by Picasa

Gama-Df, vista da roça quase urbana derominada Ponte Alta.

Onde a casa é grande
a porta aberta
o coração, ocupado.
como disse o poeta:

minha cabeça anda
ocupada
meu coração
anda vazio
seus olhos já não me dizem nada...

(Edivaldo Santana canta essa música)
Edvaldo Santana é um cara que merece ser ouvido... ouça!!!!!
Posted by Picasa

exposição.

Extremado,
joguei de goleiro
apostei
no golpe de vista.

quase artista,
boto a viola no saco
enluaro a rua
persigo angústias
quartos crescentes.

pueril, crente,
cresci em meio a medos
dormindo tarde
não acordando cedo.















fotos e texto de nego jorge.
Posted by Picasa

mais do mesmo. Minha sobrinha e foto de Franz Ferdinand (o cara da banda!)



Posted by Picasa

quinta-feira, 13 de maio de 2010

OUTRO POEMA

Nem sou o que pareço
mereço
melhores leituras
profundos mergulhos


Traquino, tateio a vida
que vivo embebida
em mel e cicuta


Filho de puta
passeio impávido
em meio a espinhos...

Caminhos,
é algo que faço.

(fotos e texto de nego jorge)
Posted by Picasa

um poema

ACHISMO

Acho que preciso
fazer amor comigo
beijar-me na boca
sussurar em meu ouvido
com voz sensual, bem rouca
que preciso,
olhar-me no espelho
parar de ouvir conselhos
e ceder aos cantos
aos encantos das sereias.

Acho que preciso nascer
aquietar-me em abraços
preciso, talvez, encarar-me
sumir
por aqui
ser só
ser
semente.

(nego jorge)
Posted by Picasa

VIDA

CREPÚSCULO

A sede de ceder
me arde
inda que seja
à tarde.




texto e fotos nego jorge

Posted by Picasa

clara e o cão



Posted by Picasa

olhar olhares nego jorge - fotos - grafite anônimo



Posted by Picasa

mãe é mãe!!



Posted by Picasa
...tipo de amor que não pode dar certo na luz da manhã... e desperdiçamos os blues do Djavan...

Posted by Picasa